ABESO homenageia professor Arthur Garrido em Recife

Professor Arthur Garrido recebendo a homenagem das mãos da Dra. Maria Edna Melo, presidente da ABESO

A ABESO, que reúne os clínicos especializados em obesidade, realizou de 20 a 22 de abril em Recife o XVII Congresso Brasileiro de Obesidade e Síndrome Metabólica, incluindo a participação de cirurgiões que também se dedicam a esse problema.

Na abertura do evento o professor  Arthur Garrido recebeu a “Comenda Prof. Alfredo Halpern”, outorgada pela primeira vez pela ABESO a personalidades que se destacaram na luta contra o excesso de gordura no organismo e suas consequências.

Professor Arthur Garrido recebendo a homenagem das mãos da Dra. Maria Edna Melo, presidente da ABESO
Professor Arthur Garrido recebendo a homenagem das mãos da Dra. Maria Edna Melo, presidente da ABESO

Na ocasião, Dr. Garrido proferiu conferência, abordando as dificuldades enfrentadas no início da implantação da cirurgia bariátrica. O professor Alfredo Halpern, que nos deixou em novembro de 2015, foi de fundamental importância pela liderança e pelo apoio nessa fase pioneira. Dr. Garrido destacou também o grande progresso alcançado no que se refere a diminuição de riscos cirúrgicos, complicações e efeitos indesejáveis. Esses avanços foram devidos ao melhor entendimento da “doença obesidade” e ao desenvolvimento de recursos tecnológicos, como a cirurgia videolaparoscópica e hoje, em rápida ascensão, a robótica.

No Brasil, o caminho tem sido trilhado em conjunto por clínicos e cirurgiões, graças à colaboração constante entre a ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade) e a SBCBM (Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica).

As esperanças se voltam para métodos cada vez mais eficientes e menos agressivos, bem como para a grande necessidade de maior acesso da população aos recursos terapêuticos mais eficazes.

A ABESO registrou a participação do Dr. Garrido no congresso com a entrevista apresentada no vídeo que se segue.