nurse-2141808_640

Vencer a obesidade tem sido um dos grandes desafios da vida moderna, especialmente para as pessoas com obesidade mórbida, ou seja, que acabam desenvolvendo outros problemas de saúde por causa do excesso de peso.

Se esse é o seu caso, emagrecer com saúde é fundamental e a cirurgia bariátrica e metabólica, popularmente conhecida como “operação para redução de estômago”, pode ser um tratamento bastante eficaz. Porém, ela exige que você esteja preparada e disposta a encarar as etapas do tratamento.

Para ser uma candidata à cirurgia bariátrica, a pessoa precisa passar por uma avaliação pré-operatória, que inclui diversos exames que irão determinar se ela preenche os critérios estabelecidos pelo pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) para que o tratamento cirúrgico seja indicado.

De acordo com estes critérios, só podem fazer a operação as pessoas com IMC (Índice de massa corpórea) igual ou maior que 40 kg/m²) ou igual ou maior que 35 kg/m² desde que apresentem pelo menos duas comorbidades como pressão alta, diabetes tipo 2, dislipidemias (colesterol/ triglicérides altas), apneia do sono, doenças ortopédicas, doença do refluxo gastroesofágico, incontinência urinária, infertilidade, entre outras.

Vale ressaltar também que um dever legal e moral do médico, além de ser um direito do paciente, é apresentar o termo de consentimento informado. Esse documento, que deve ser assinado antes da cirurgia, representa o consentimento por parte do paciente para a realização do procedimento, bem como, a concordância e comprometimento do mesmo em seguir as orientações das condutas pré e pós-operatórias, inclusive quanto ao seguimento do tratamento com equipe multidisciplinar.